segunda-feira, 20 de abril de 2009

No topo da umburana




Um comentário:

  1. Muito belo trabalho, de uma organicidade fundamental e premente.

    ResponderExcluir